AA Coimbra 0 FC Porto 1

30/10/2010

Jogo bastante difícil, de uma imprevisibilidade quase total, que demonstrou que a equipa azul e branca é também de combate. Os jogadores entregaram-se de forma fantástica, destacando-se Maicon, Bellushi e Falcao. Numa piscina talvez se conseguisse jogar melhor futebol. Demonstração de força e de solidariedade, de confiança total nas capacidades individuais e colectivas. Um belo jogo para reunir as tropas e encher o peito de ar.

Anúncios

AA Coimbra vs FC Porto LIVE stream!

28/10/2010


FC Porto 5 UD Leiria 1

25/10/2010

É bastante fácil e um grande prazer assistir a um jogo desta equipa que só quer ter a bola e que a trata com muito carinho. Difícil fica para o adversário poder travar uma máquina avassaladora, um conjunto que distribui a bola por todo o campo e que arranca para a baliza com a vertigem dos miúdos de rua. Adjectivos à parte e de quase toda a parte, que venha o próximo!


FC Porto vs UD Leiria LIVE Stream!

23/10/2010


Besiktas 1 FC Porto 3

21/10/2010

Realmente esta equipa parece demasiado grande para enfrentar adversários como o de hoje. Contra um ambiente hostil, uma equipa a jogar nos limites e mais ainda que faço questão de ignorar ( Falcao viu anulado um golo fantástico), os dragões foram sempre melhores, demonstrando que a experiência conta bastante nestas provas europeias. Hulk não pára de crescer e foi o herói principal pois acabou com o jogo quando ele poderia inclinar-se perigosamente para o outro lado. Segunda parte perfeita apenas com dez jogadores, mostrando uma equipa táctica, solidária e abnegada.


FC Porto 4 Limianos 1

17/10/2010

Como pode um jogo fácil criar um problema? É simples e complicado: estará Walter a marcar golos com esta facilidade em todos os jogos? Deverá Falcao descansar algum tempo, pois parece com menos killer instinct? Marcaria Falcao também três golos se estivesse no lugar de Walter? Eu não sei responder a nenhuma destas questões e também não estou preocupado com nenhuma delas. Estará Walter a pensar em alguma?


Vitória Guimarães 1 FC Porto 1

05/10/2010

Primeiros pontos perdidos num jogo que aparentemente se encontrava controlado. Mais uma demonstração de capacidade de posse e circulação de bola. Faltou na frente alguém um pouco mais inspirado para decidir o jogo antes do empate. Falcao, Varela e Hulk, apesar do grande golo, estiveram quase sempre apagados, e nem sempre os médios conseguem alvejar a baliza. Porque não esteve inspirado e falhou, o ataque exigiu tudo de uma defesa, que errou poucas vezes, mas uma delas deu golo. Castigo grande para a falta de acutilância na hora de matar o jogo e lição para perceber que a vantagem mínima acaba num instante, seja a muito tempo do fim ou em cima da hora. Mesmo em cima da hora, a Helton foi exigido concentração  máxima, mesmo o empate foi salvo in extremis.